Comer Mal

A “TRISTEZA” DE COMER MAL

Depressão e dieta podem estar relacionadas!!!

Algumas respostas preliminares de um estudo realizado na Inglaterra sugerem que uma dieta pobre pode torná-lo mais vulnerável à depressão.
Pesquisadores investigaram 3 mil profissionais de escritório, que exercem funções administrativas na Grã-Bretanha, vivendo na faixa dos 25 aos 50 anos de idade e observaram a alimentação destas pessoas pelo período de 5 anos. Preste atenção, porque não são 3 pessoas e nem 5 dias. Estamos falando de 3 mil pessoas observadas por 5 anos.
Nesta observação, eles descobriram que PESSOAS QUE COMEM A TRADICIONAL DIETA “FAST FOOD” – carnes processadas, frituras, cereais refinados, excesso de laticínios, muita gordura, chocolates, sobremesas e doces – relataram maiores ocorrências de sintomas de depressão.

A pesquisa também traz uma afirmação categórica:

Dentre os pesquisados, quem consumiu uma dieta rica em frutas, legumes e peixe foram menos propensos a relatar episódios onde estivesse deprimido.
Estes resultados estão em linha com outras pesquisas que demonstram que uma alimentação saudável pode proteger contra doenças.
Por exemplo, estudos recentes mostraram que pessoas que seguem a famosa “dieta mediterrânea”, que enfatiza frutas, verduras, com pequena presença de peixe, de carne e leite, têm menores taxas de doenças de Parkinson e Alzheimer.
Existem varias outras pesquisas em andamento investigando a relação entre depressão e dieta, mas, se eu fosse você, não esperaria os resultados para começar a comer mais frutas, verduras e legumes imediatamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *