Nutriçao

ALIMENTAÇÃO BALANCEADA DURANTE AS FÉRIAS ESCOLARES EVITA PREJUÍZOS À SAÚDE DAS CRIANÇAS

Além de preocupar-se com a segurança das crianças, é preciso lembrar que eles precisam de alimentos saudáveis, ainda mais porque, estando em casa, a tendência é comerem ainda mais.

 

Criatividade na hora de preparar os pratos faz com que as crianças se divirtam também na hora da alimentação. Muitas mães e vovós que costumam ficar com a criançada nas férias já não sabem o que fazer para agradar os pequenos na hora do lanche, nem mesmo entendem de onde vem tanta energia e disposição para as brincadeiras.

Além de preocupar-se com a segurança das crianças, é preciso lembrar que eles precisam de alimentos saudáveis, ainda mais porque, estando em casa, a tendência é comerem ainda mais.

Segundo a nutricionista Reila Castaldeli, nas férias, para que as crianças se alimentem de forma saudável, é preciso oferecer principalmente alimentos que sejam fonte de energia, como, por exemplo, pães, mel, cereais, arroz e mandioquinha. “Esses alimentos são indispensáveis, já que neste período as crianças costumam brincar bastante, fazer mais atividades e, consequentemente, acabam gastando mais energia”, explica.

Reila ainda afirma que as crianças precisam ingerir bastante líquido durante este período, como água, sucos, água de coco e frutas mais úmidas. “As mães devem evitar oferecer doces, refrigerantes e alimentos industrializados, como por exemplo hambúrguer, salsicha, linguiça em excesso, pois são altamente calóricos, ricos em açúcares, gorduras, além de sódio”, informa.

É importante que não faltem no cardápio delas: frutas, sucos naturais, iogurte, cereais, de preferência sem serem açucarados, vitaminado de frutas, água de coco. “Se ela gostar, é uma ótima forma de repor os eletrólitos, também dá para bater com sucos”, sugere a nutricionista, “sem se esquecer do básico: arroz, feijão e hortaliças”, alerta.

Para as crianças, algumas dicas de lanche sugeridas pela nutricionista são: bolos simples sem recheio (“se feitos com frutas seria ótimo, como por exemplo, bolo de banana, abacaxi ou acrescido de fibras, como aveia”); vitaminado de frutas, sucos de fruta natural, iogurte, torta de legumes; lanches tipo natural (“esse é fácil de preparar e todos comem: pão com algum tipo de hortaliça, como tomate, cenoura, alface”). “A salada de frutas também é uma opção excelente e barrinha de cereais é lanche rápido, que vale a pena oferecer, pois, além disso, é rica em fibras”, informa.

Para que as refeições fiquem mais atrativas, as mães devem deixar os pratos bem coloridos, podendo até brincar com os alimentos. “Fazer carinha, boquinha, cabelinho no prato, assim elas ficam variadas, saudáveis e diferentes, facilitando assim a aceitação alimentar”, afirma.

Para a nutricionista, nas férias, além de se alimentarem bem, as crianças devem aproveitar para ficar mais ativas, gastar bastante energia, o que ajuda a evitar um dos grandes problemas infantis atuais: o excesso de peso.

Fonte : Jornalismo – Prontuário de Notícias

29/7/2011

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *