Saude Mental

O QUE É NORMAL PARA SAÚDE MENTAL?

Qual é a diferença entre a saúde mental e doença mental?  Nem sempre a resposta é muito clara.
Pessoas que ouvem vozes em suas cabeças podem ter esquizofrenia, mas gente que têm idéias tão grandiosas, como tornarse secretario geral das nações unidas, sem qualquer experiência pode estar tendo um episódio do transtorno bipolar.
 
Em alguns casos, a distinção entre doença mental e saúde mental não é tão especifica.
 
Se você tem medo de fazer um discurso em público, isso significa que você tem uma doença mental ou simplesmente um caso de insegurança e timidez compreensíveis?
Se você se sentir triste e desanimado, você está apenas experimentando um pouquinho de “tristeza”, ou a depressão já tomou conta e você esta necessitando de medicação e aconselhamento?
 
DIAGNÓSTICO DE TRANSTORNOS MENTAIS
Uma coisa que torna difícil distinguir saúde mental da doença mental é que não há um teste para mostrar que algo está errado.
Parece que os transtornos mentais têm uma causa biológica. Mas, por agora, não há nenhuma prova médica clara para a doença mental.
 
Por estas razões, o diagnóstico e o tratamento de transtornos mentais são baseados em sinais, sintomas e no quanto a condição afeta o dia a dia da pessoa. Sinais e sintomas geralmente aparecem como:
Comportamentos, obsessão por limpeza ou compulsão por determinadas drogas, como álcool, por exemplo.
Sentimentos, como tristeza profunda ou alternância entre tristeza e euforia, raiva incontrolável.
Pensamentos incomuns, como delírios que a televisão está controlando sua mente, ou desejos suicidas
Sinais e sintomas físicos, como sudorese, batimentos cardíacos acelerados ou respiração rápida e descontrolada (hiperventilação).
  
DETERMINAR SE VOCÊ TEM UMA DOENÇA MENTAL

Freqüentemente os profissionais de saúde determinam se seus sinais e sintomas são normais ou se indicam uma doença mental usando uma combinação das seguintes abordagens:

Seus sinais e sintomas:
Os médicos e profissionais de saúde mental dependem da comparação dos seus sinais e sintomas com uma lista de sinais e sintomas de transtornos mentais conhecidos. Diagnosticar um transtorno mental é mais fácil em pessoas que têm um número de sinais e sintomas comuns, mas pode ser mais difícil em pessoas cujos sinais e sintomas não são tão claros. Sinais e sintomas de um transtorno mental podem variar de pessoa para pessoa e podem mudar ao longo do tempo. Geralmente, a doença mental é diagnosticada apenas quando os sinais e sintomas são persistentes e incômodos.

 
Suas próprias percepções:
Como você percebe seus próprios pensamentos, comportamentos e quanto seus sintomas afetam o seu dia -a-dia pode ajudar a determinar o que é normal para você. Muitas vezes você mesmo consegue perceber que não tem mais interesse em atividades rotineiras e não esta gostando mais do que Você costumava gostar Gente deprimida pode tanto comer demais como parar completamente de comer, pode dormir demais ou perder completamente o sono, pode parar de tomar banho e normalmente perde o interesse sobre as coisas que o agradavam muito, como hobbies e divertimento. Sensações assim são sempre referencia para os profissionais de saúde.
É normal sentirmos tristeza e as condições de vida moderna colaboram para isso e seus sentimentos podem ser uma reação normal e temporária, mas se os seus sinais são fortes e não desaparecerem com o tempo, pode sim ser depressão.
 
Percepção dos outros:
Na maioria das vezes suas próprias percepções não fazem um retrato exato do seu comportamento e dos seus pensamentos. Outras pessoas podem ajudá-lo a compreender estas diferenças na sua vida.
Freqüentemente achamos que continuamos normais, mas nossos pensamentos, caprichos ou traços de personalidade podem estar causando mais problemas do que você imagina. Para aqueles que nos rodeiam, nosso comportamento pode parecer estranho e perturbador. Por exemplo, se você tem transtorno bipolar, você pode pensar que o seu humor oscilando é apenas parte dos altos e baixos da vida. Para outros, seus pensamentos e ações podem parecer anormais ou causar problemas no trabalho, nos relacionamentos ou em todas as áreas de sua vida.
  
O QUE É CONSIDERADO DOENÇA MENTAL HOJE PODE MUDAR AO LONGO DO TEMPO
As novas informações médicas podem levar a mudanças na classificação dos transtornos mentais. Transtornos novos serão adicionados, enquanto que os já existentes serão removidos, ou os sinais e sintomas associados serão modificados como desenvolver novas opiniões ao longo do tempo. Por exemplo, os peritos da associação de psiquiátrica americana estão estudando a possibilidade de incluir os sintomas pré-menstruais ao DSM (manual de diagnostico estatístico das doenças mentais) e querem chamá-lo de transtorno desforço pré-menstrual.
As revisões normalmente refletem a evolução nas atitudes sociais e culturais. A homossexualidade, por exemplo, costumava ser classificada como uma desordem mental, mas foi removida do Manual Diagnóstico e Estatístico de 1973.

 

BUSCANDO A AVALIAÇÃO E O TRATAMENTO
Nem sempre que você tenha um transtorno mental diagnosticável, quer dizer que isto seja um problema na sua vida diária, a ponto de necessitar de tratamento.
Por outro lado, não há dúvida de que certas condições podem ter um sério impacto sobre sua vida e as vidas das pessoas que você gosta.
Muitas pessoas com problemas de saúde mental debilitante, como a depressão, evitam o tratamento ou consideram seus sinais e sintomas uma parte normal da vida. Se você tem alguma coisa acontecendo que é perturbadora ou que está fazendo você infeliz, não hesite em consultar um psicólogo ou outro profissional de saúde recomendado. Não se intimide. A medicina moderna pode ajudá-lo a atingir uma vida normal.

 

REFERÊNCIAS:
Nurcombe B. tomada de decisão clínica em psiquiatria. In: H Ebert, et al. Diagnóstico e Tratamento Atual: Psiquiatria. 2 ed. Nova York, NY: Lange; 2008:1.
Introdução: Força-Tarefa PDM. Psicodinâmica Manual de Diagnóstico (PDM). Silver Spring, Md: Aliança de Organizações psicanalítica; 2006: V1.
Introdução: Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais DSM -IV -TR. 4 ed. Arlington, Virgínia: American Psychiatric Association, 2000. http://www.psychiatryonline.com. Acessado em 02 de fevereiro de 2009.
Apêndice B: Critérios e define eixos previstos em estudo mais aprofundado. Proposta transtornos: Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais DSM -IV -TR. 4 ed. Arlington , Virgínia : American Psychiatric Association , 2000 . http://www.psychiatryonline.com . Acessado em fevereiro , 2009. 
 

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *