skip to Main Content
ORA BOLHAS!

ORA BOLHAS!

Andar com sapato errado pode machucar os pés e estragar qualquer programa. Andar descalço também pode surpreender a gente com aquelas bolhas enormes.  
 
É sempre possível prevenir bolhas, mas se elas se formaram o jeito é ter paciência, cuidar dos ferimentos e esperar a pele se recuperar.
 
Aqui estão dicas simples pra te ajudar a vencer estes dias chatos:
 
• Usar meias mais finas por baixo da meia grossa ajuda a evitar novas bolha.Existem meias importadas que prometem evitar as bolhas, pois não absorvem o suor e secam mais rápido. Elas são vendidas em lojas de esportes de aventura e são ideais para quem caminha longas distancias ou adora fazer trekking. Elas são bonitas e bem praticas, mas são bem caras também.
A alternativa é calçar meias mais finas embaixo de meias grossas. Assim o atrito diminui e a possibilidade de formação de bolhas também.
• Nunca usar tênis e sapatos novos em dias puxados.
Resista a estrear seu tênis novo num dia de caminhada. Com o exercício puxado seu pé vai inchar e o calçado que parecia confortável vai te incomodar. Muitas vezes incomoda a ponto de ferir e lá vai você com bolhas novas.
• Acostume lassear seus calçados com antecedência.
Na maioria das vezes o calçado apertado e pouco flexível é o responsável pelo problema. Por causa do atrito, a camada superficial da pele se rompe causando a lesão e a inflamação.
 Use própolis como antiinflamatório e anticéptico para bolhas estouradas.
Quando a bolha estoura a camada de queratina que estava protegendo a pele danificada vai embora. Naquele ferimento fica aberta a porta para entrada de bactérias que podem causar infecções mais serias e você deve cobrir o ferimento para evitar a contaminação. Lave bem o machucado e passe uma camada fina de própolis para ajudar na cicatrização.
A própolis impede a proliferação dos micróbios e da inflamação.
A cura de bolhas normalmente é um processo rápido. A pele leva cerca de 5 dias para se recuperar.
Se persistir por mais tempo, a bolha nos pés pode significar outras doenças, como infecção por fungos (micoses, por exemplo) ou bactéria (ou mesmo alergias a medicamentos.
No caso de uma bolha que não cicatriza você deve procurar um médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top